A (IN) Existência de Deus: Diálogos Improváveis e Impertinentes entre Espinosa, Nietzsche e Sartre

Frete Grátis
Código: 066
R$ 65,00 R$ 45,00
até 3x de R$ 15,00 sem juros
Comprar Estoque: 2 dias úteis
    • 1x de R$ 45,00 sem juros
    • 2x de R$ 22,50 sem juros
    • 3x de R$ 15,00 sem juros
    • 1x de R$ 45,00 sem juros
    • 2x de R$ 22,50 sem juros
    • 3x de R$ 15,00 sem juros
    • 4x de R$ 12,10
    • 5x de R$ 9,82
    • 6x de R$ 8,30
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Autor: José Fernando Vidal de Souza 
ISBN: 9788570270306
Edição: 1º edição - 2019

 



Sinopse:

Qual o papel de Deus na atualidade? O presente trabalho pretende analisar o comportamento crescente da população que se vale do uso constante de frases prontas de cunho religioso, fugindo da realidade, com consequente inversão de valores e o objetivo maior de obterem respostas imediatas para a solução de seus problemas pessoais, sem a  reflexão efetiva do real. Esta obra busca um olhar filosófico para a relação homem-Deus e propõe um diálogo possível, sem que este se resuma à verdade de fé ou ao misticismo utilitarista que, por vezes, se revela como alienante e enganador. O presente estudo, desta forma, se apresenta como um diálogo entre Espinosa, Nietzsche e Sartre e as visões que cada um destes filósofos possui sobre a temática. Almeja-se despertar o espírito crítico-filosófico, estimulando o debate, o raciocínio, a ética e os valores universais para análise e construção de um diálogo possível entre homem-Deus.
 


Deus está livre de paixões e não é afetado de qualquer afeto de alegria ou tristeza. -  (B. Espinosa, Ética – A potência do intelecto ou a liberdade humana. São Paulo: Autêntica, p. 385 - proposição 17).

Chamo mentira a não querer ver algo que se vê; a não querer ver algo tal como se vê; não interessa que a mentira ocorra perante testemunhas ou sem testemunhas. A mentira habitual é aquela com que a pessoa mente a si própria.  (F. Nietzsche, O Anticristo. Lisboa: Relógio D’Água Editores, 2000, p. 88)

Estamos sós e sem desculpas. É o que traduzirei dizendo que o homem está condenado a ser livre. - (J.P. Sartre, O Existencialismo é Humanismo. Trad. Vergílio Ferreira. 2ª ed. Lisboa: Editorial Presença, 1965, p. 228)

R$ 65,00 R$ 45,00
até 3x de R$ 15,00 sem juros
Comprar Estoque: 2 dias úteis
Sobre a loja

A loja virtual da Qualis Editora é voltada especialmente a publicação e comercialização de seus livros na área de literatura e direito.

Social
Pague com
  • PayPal Express
  • PagSeguro
Selos
  • Site Seguro

Qualis Editora e Comércio de Livros Ltda - CNPJ: 09.644.361/0001-45 © Todos os direitos reservados. 2019